Como criar e disponibilizar materiais de apoio à aprendizagem na turma virtual no SIGAA

Neste espaço você encontrará tutoriais e orientações sobre como inserir, na sua unidade curricular, materiais de apoio à aprendizagem para os momentos não presenciais que substituirão as aulas no IFSC. Textos, vídeos, livros digitais, mapas, gráficos, tabelas, planilhas e fotos são recursos que podem ser inseridos e disponibilizados no ambiente da sua turma virtual no SIGAA.
Clique nas setas verdes a seguir para acessar os tutoriais dos seguintes tipos de recursos que o SIGAA disponibiliza: conteúdo/página web, porta-arquivos, inserir arquivos na turma, referências e vídeos.

Esse vídeo tutorial explica como inserir, na turma virtual do SIGAA, páginas de conteúdo sobre um determinado assunto. Esse recurso permite acrescentar informações sobre um dos seus tópicos de aula como, por exemplo, um texto explicativo elaborado pelo professor para: aprofundar um tema, apresentar orientações gerais sobre como os estudantes devem proceder para estudar um determinado tópico ou, ainda, para descrever instruções sobre uma determinada atividade avaliativa. Na página web, o docente pode detalhar diferentes informações sobre as atividades do tópico, inserir links para sites de conteúdo externos ou até mesmo para outros recursos tecnológicos complementares propostos (chat, jogo, mapa mental on-line, whatsapp, dentre outros).

Neste vídeo tutorial é apresentada a funcionalidade “porta arquivos” da Turma Virtual. É um recurso do SIGAA que possibilita ao docente criar um repositório virtual de arquivos no qual poderá inserir diferentes tipos de arquivos relacionados à sua unidade curricular. Depois de criar o seu repositório de arquivos no porta arquivos, basta associar esses recursos às respectivas turmas.

Esse vídeo tutorial explica como você pode inserir referências na sua turma virtual do SIGAA. O Documento de orientações sobre a realização de atividades EAD durante o período de suspensão das aulas presenciais no IFSC, publicado em 17/03/2020, prevê que o professor deve inserir bibliografias complementares no seu plano de ensino, dando preferência àquelas disponíveis em fontes informacionais digitais. A minuta indica, no item 4, de “serviços de bibliotecas”, relevantes fontes informacionais digitais que poderão ser utilizadas. Vale a pena consultar esse documento (acesse o link aqui) e, com esse mesmo objetivo, acessar a lista de repositórios de materiais prontos disponíveis on-line que apresentamos para você ao final desta página.

Esse vídeo tutorial explica como você pode inserir um vídeo na sua turma virtual do SIGAA. Lembramos que, para as atividades não presenciais, os vídeos podem contribuir muito em situações nas quais o estudante precisa rever ou acessar um conteúdo quando o professor não está disponível para ajudá-lo.

 

Além destas possibilidades que a Turma Virtual do SIGAA apresenta, também disponibilizamos alternativas para que você possa incorporar outros tipos de materiais de apoio de modo a favorecer a aprendizagem dos seus estudantes nos momentos não presenciais. Clique nas setas verdes a seguir para acessar esses conteúdos.

Há uma série de recursos interessantes, prontos e disponíveis que podem ser exatamente o que você precisa para sua unidade curricular. Abaixo estão alguns repositórios de materiais ou plataformas com conteúdo que podem ser um ponto de partida para você encontrar bons materiais para disponibilizar aos alunos:

  • ProEdu: um repositório com mais de 1200 objetos de aprendizagem, composto principalmente pelos livros didáticos produzidos para Rede e-Tec Brasil (cursos técnicos a distância) - http://proedu.rnp.br/
  • Educapes: repositório com objetos de aprendizagem para diferentes níveis e modalidades - https://educapes.capes.gov.br/
  • MECRED: plataforma com recursos educacionais digitais para diferentes níveis e modalidades - https://plataformaintegrada.mec.gov.br
  • KhanAcademy: recursos principalmente em forma de vídeo para as áreas de matemática e ciências - https://pt.khanacademy.org/
  • Youtube: dispensa apresentações, né? Mas muita gente esquece que o youtube está repletos de videoaulas e outros vídeos que podem ser agregados ao seu material - https://www.youtube.com. Se quiser algo já selecionado, espia o Youtube EDU.
  • TED Ed: uma plataforma dos famosos vídeos do TED, mas com animações muito bem feitas. Os vídeos estão em inglês, mas há legenda em português - https://ed.ted.com
  • NAPO VÍDEOS: filmes sobre segurança no trabalho produzidos a partir de grafismos gerados por computador. A personagem principal, o Napo, e os seus colegas contam histórias com valor educativo - https://www.napofilm.net/pt/.
  • TV Escola: canal de vídeos com o objetivo de subsidiar a escola e ser uma ferramenta pedagógica disponível ao professor, seja para complementar sua própria formação ou para ser utilizado em suas práticas de ensino - https://tvescola.org.br/.
  • UNESP ABERTA: ambiente de aprendizagem on-line e gratuito que disponibiliza recursos pedagógicos digitais desenvolvidos pela Universidade. São conteúdos para estudo, sem assessoria pedagógica (tutoria), mas que oferecem a oportunidade de formação e aperfeiçoamento em diversas áreas do conhecimento para pessoas com acesso a internet no Brasil e no mundo - https://unespaberta.ead.unesp.br/.
  • Laboratório Virtual de Matemática: plataforma da UNIJUI que disponibiliza recursos pedagógicos digitais para a área da matemática. O site separa os recursos por níveis de ensino: em séries iniciais, 5º ao 9º ano e ensino médio. Também é possível buscar por assunto - http://www.projetos.unijui.edu.br/matematica/
  • Recursos Educacionais Abertos de Matemática: plataforma de recursos educacionais abertos (REA) sobre tópicos de matemática e suas aplicações - https://www.ufrgs.br/reamat/.
  • Projeto PhET Simulações Interativas: uma iniciativa da Universidade de Colorado Boulder que disponibiliza simulações interativas gratuitas para as áreas de matemática e ciências. Os recursos digitais disponíveis baseiam-se em extensa pesquisa em educação e envolvem os alunos através de um ambiente intuitivo, estilo jogo, onde os alunos aprendem através da exploração e da descoberta - https://phet.colorado.edu/pt_BR/.
  • Acervo Virtual do IFSC (EBSCO): o IFSC conta com um acervo virtual que possui mais de 150 mil títulos de e-books das mais variadas áreas do conhecimento e em diversos idiomas, entre eles, português, inglês e espanhol. Para acesso e informações em https://www.ifsc.edu.br/acervo-virtual;
  • Portal de Periódicos da CAPES (periódicos e e-books): uma biblioteca virtual que reúne e disponibiliza o melhor da produção científica internacional. Ele conta com um acervo de mais de 38 mil títulos com texto completo, 134 bases referenciais, 11 bases dedicadas exclusivamente a patentes, além de livros, enciclopédias e obras de referência, normas técnicas, estatísticas e conteúdo audiovisual. Para acesso e informações em https://www.ifsc.edu.br/portal-capes;
  • Editora da UFSC: como medida de incentivo à leitura em um difícil momento, a Editora da UFSC disponibilizou ao público 57 obras digitais gratuitas. Os livros podem ser baixados diretamente na página da EdUFSC na página - https://editora.ufsc.br/estante-aberta/;
  • Springer Link: e-books em diversas áreas do conhecimento, acesso por meio do link https://link.springer.com/search?query=&showAll=false;
  • Domínio Público: promove amplo acesso às obras científicas (teses, dissertações e livros), obras literárias (literatura portuguesa e brasileira, inclusive histórias infantis), obras artísticas (pinturas, músicas) e vídeos da TV Escola, constituindo-se em uma biblioteca digital significativa para o patrimônio cultural universal, com acesso em http://www.dominiopublico.gov.br/;
  • Coleção Digital Machado de Assis: com acesso em http://machado.mec.gov.br/index.php;
  • Biblioteca Digital de Literaturas de Língua Portuguesa: Biblioteca Digital com fonte primária e gratuita de textos literários em versão integral, com obras do Brasil e de Portugal, com acesso em https://www.literaturabrasileira.ufsc.br/?locale=pt_BR.
  • Repositório Institucional do IFSC: nesse espaço é possível acessar grande parte das produções acadêmicas da comunidade IFSC, como TCC e dissertações, por meio do acesso em https://repositorio.ifsc.edu.br/;
  • Normas da Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT): para acesso remoto os servidores deverão acessar a intranet e os alunos o SIGAA Portal Discente (serviços externos);
  • Biblioteca Digital de Teses e Dissertações (BDTD): disponibiliza teses e dissertações existentes em meio eletrônico nas instituições de ensino superiores brasileiras, com acesso em http://bdtd.ibict.br/vufind/;

Estes são apenas alguns links para começar a busca. Procure em outros lugares, pergunte para professores colegas, aproveite a internet!

  • LOOM

Se você procurou vídeos nos repositórios que indicamos mas não encontrou exatamente o vídeo que precisava, lembre-se que você sempre pode editar um vídeo (cortar, inserir conteúdos, torná-lo interativo etc). Se ainda assim, você não encontrar um vídeo que seja adequado para o que você necessita nesse momento de atividades não presenciais, então chegou a hora de PRODUZIR o seu próprio vídeo.

Uma ferramenta fácil e simples de usar para gravar vídeos é o LOOM.

LOOM é uma extensão para o Google Chrome que permite, de forma prática, capturar a tela, narrar e compartilhar o vídeo gravado com outras pessoas. Usando o LOOM você pode gravar a sua imagem ou capturar a tela do seu computador, ao mesmo tempo em que narra e explica o que está fazendo. É muito simples e prático de utilizar para gravar explicações e orientações de conteúdos.

A seguir disponibilizamos um passo a passo que descreve a utilização do LOOM e na sequência um vídeo tutorial com mais detalhes:

LOOM passo a passo: Clique aqui para baixar a apresentação. (Material elaborado pelo Cerfead para a semana pedagógica 2019.1).

  • Como gravar a tela com o LOOM
  • Como gravar vídeo-aulas com o OBS e publicar no Youtube

Em atividades não presenciais, uma apresentação por meio de slides pode ser um excelente material de apoio à aprendizagem, para apresentar um resumo de um determinado conteúdo ou então os destaques de uma temática. Também é uma maneira simples de produzir um material que apresente aos estudantes um passo a passo de um determinado procedimento ou processo.

Talvez você já use, no seu dia a dia, o Power Point para preparar suas apresentações. Nesse espaço, apresentamos o Google Slides como uma excelente ferramenta on-line para elaborar, compartilhar e apresentar slides. E, para deixar seus slides ainda mais bonitos, você ainda pode utilizar os templates do site Slides Carnival.

A seguir disponibilizamos dois vídeos tutoriais que podem ajudar você a produzir suas apresentações. O primeiro apresenta um passo a passo sobre como utilizar os Slides Carnival junto com o Google Slides. O segundo vídeo é complementar e traz algumas dicas sobre a organização visual das apresentações. Desejamos que seus slides fiquem cada vez mais bonitos e interessante para os estudantes!

  • Slides Carnival e Google Slides
  • Dicas sobre organização visual em apresentações

Nas suas atividades não presenciais, é possível que você sinta necessidade de apresentar aos seus estudantes um gráfico, um infográfico ou um esquema informativo sobre determinado tema. Com o objetivo de ajudar você a elaborar um material gráfico de forma rápida e com uma linguagem visual interessante é que apresentamos o Canva.

O Canva é uma ferramenta on-line na qual você pode elaborar conteúdos utilizando recursos gráficos que a própria ferramenta disponibiliza por meio de “templates”, que estão disponíveis para você organizar seu conteúdo de maneira criativa. Lá você encontra templates para plano de aula, panfleto, boletim, folha de atividades, relatórios, calendário, capa de livro, brochura, cartaz, storyboard, infográfico, linha do tempo, comunicado, entre muitos outros. A seguir disponibilizamos um vídeo tutorial para ajudar você a utilizar esse recurso.

  • Canva - colabore e crie designs de graça

 

Nota importante: caso você utilize outras ferramentas de tecnologias de informação e comunicação (TICs) para qualificar a metodologia de interação com os discentes, além dos recursos disponíveis na sua turma virtual do SIGAA, é recomendado o registro no Plano de Ensino.

 

Última modificación: Sunday, 17 de May de 2020, 15:37